Metade dos profissionais brasileiros que estão trabalhando remotamente esperam uma volta aos escritórios nos próximos 6 meses, diz LinkedIn